ÓLEO DE MOCOTÓS

OUTRAS DENOMINAÇÕES: Óleo de Mocotós, Óleo de Tutano.

ORIGEM: Óleo de origem Animal (bovino).

PARTE USADA: Tíbia (canela)

DENOMINAÇÕES ESTRANGEIRAS: Neat’s-foot oil, Piede di bue (di vacca), Rinderklauenoel, Huile de pieds de boeufa.

CARACTERÍSTICAS FÍSICO-QUÍMICAS:

ÍNDICES UNIDADES VALORES DE REFERÊNCIA
Índice de Saponificação mg KOH/g 192 - 200
Acidez % ácido oleico < 2,0
Índice de Iodo g I2/100g 75 - 87
Ponto de Névoa °C < 7,0

 

botao-ficha-tecnica

O Óleo de Mocotós é um subproduto da indústria de carne e se destaca pela sua importância ambiental, pois sua produção acarreta em uma menor quantidade de resíduos. Além disso, sua utilização desonera o produto final que é a carne.

Este óleo é extraído da tíbia do boi, através de cozimento e posterior purificação.

O Óleo de Mocotós é bastante utilizado nas indústrias frigoríficas como lubrificante de carretilhas que transportam carnes, por isto a qualidade do produto é fundamental.

O Óleo de Mocotós é o melhor e mais completo amaciante e conservante de couros. Seu uso permanente repõe as substâncias que o couro necessita, recupera o brilho e a maciez natural.

Na cosmética o Óleo de Mocotós tem sido muito usado em cremes para o cabelo. Tem aplicação também em lubrificantes, curtume, fitas para impressora, papel carbono, frigoríficos, cosméticos, entre muitas outras.